Quim Barreiros

oh lizete
mete a disquete
que eu só estou bem
na internet

Ainda criança, Quim Barreiros bebeu os ensinamentos musicais da grande tradição minhota: os viras, os malhões, as chulas e canas-verdes. Na adolescência viajou por Portugal inteiro, já a tocar acordeão em ranchos folclóricos com os quais tomou contacto com muitos outros géneros musicais do nosso país.

Agenda

Espetáculos

  • 21 de agosto 2016 Tortumil, Valpaços 
  • 24 de agosto 2016 Fatacil | Lagoa
  • 26 de agosto 2016 Vermoíl e Leiria
  • 29 de agosto 2016 Vilar de Andorinho, Porto
  • 02 de setembro 2016 Vila do Conde

Loja

nunca gastes tudo

publicações

segue o quim

"Há um fenómeno que merecia um grande estudo, que é o caso do Quim Barreiros. Herdou toda a tradição da música minhota (...) Só que ainda ninguém reparou nisso."
José Alberto Sardinha, Musicólogo